12 de junho de 2012

Ao dia dos namorados.

Eu às vezes me pego assustado, mas de uma forma positiva. Me pego, vez ou outra, pensando: "você e eu, quem diria, hein?". Eu não. Não acreditava. Não me achava merecedor. Pela primeira vez, sinto meu peito tranquilo, sinto minha alma em paz, sinto meu coração batendo no ritmo certo.
Cai a noite, repouso minha cabeça e suspiro. Feliz... Sim, feliz. Quem idealizou a felicidade deve sentir inveja de mim. De nós. Antes de dormir, peço para sonhar com você. Que coisa gostosa essa de querer te ter até em sonhos.
Você foi o primeiro em tanta coisa que nem imagina. E será o primeiro em várias outras. E espero que seja o último. Estou apostando em você. Estou ME apostando em você.
Como diria Vinícius de Moraes, "que seja eterno enquanto dure". Mas que dure para sempre.

Para encerrar, uma música:

"When I first saw you, I saw love.
And the first time you touched me, I felt love.
And after all this time, you're still the one I love.

Looks like we made it
Look how far we've come my baby
We might took the long way
We knew we'd get there someday

They said, 'I bet they'll never make it'
But just look at us holding on
We're still together, still going strong

You're still the one I run to
The one that I belong to
You're still the one I want for life
You're still the one that I love
The only one that I dream of
You're still the one I kiss good night"

Estou com você e não vou a lugar nenhum.
Com amor, o homem da sua vida.

7 comentários:

AGÉPS disse...

Faço das suas as minhas palavras!
Pra variar, fiquei boquiaberta com mais um de seus textos que, de fato, me fez sorrir até a orelha. Não tem presente melhor no dia dos namorados do que saber que alguém te ama de tal forma. Nada mesmo. Obrigado! <3

Anônimo disse...

Então os seus outros namorados, que não foram poucos, nada significaram? Se um dia você terminar esse namoro, vai escrever para o outro texto parecido? Anulando o que foi esse seu namoro atual? As juras de amor, que você proferiu, para outros, nada significaram então? Ronan, Stuzinho, e ETC... Devem estar melhor sem você.

Anônimo disse...

ps: duvido muito que vai aprovar o comentário anterior, mas quem tem um blog democrático, deveria aprovar.

Anônimo disse...

A cena de amor já está montada na sua cabeça.. A história você já tem. Todos os desejos, vontades, medos, etc.. Agora, se a pessoa que você está foi a que melhor encaixou no que você quer, ótimo. Se os outros não conseguiram tal proeza, sinto muito. Ou não sinta nada. é tudo uma questão de encaixe.

Se está feliz com quem está, não tenha receio de demonstrar isso!

Parabéns pelo dia dos namorados! E viva o amooor!

(Gabi da Lai!)

dera neto disse...

OOOOOOOOOOOOOWN
TEXTO LINDO, AMIGO! LINDEZA!
<3
ENCANTADA! *______*
que vc e o Peus tenham um dia dos namorados perfeito e cheio de boas energias.
eu amo vcs mais do que vcs possam imaginar.

e pro anonimo... eu digo: feliz dia dos namorados pra vc, meu querido(a).. digno de pena, porém o pior sentimento que um ser humano pode ter é dó e inveja. então, não precisa de discutir, nem de fazer nada do tipo..
a melhor forma de afastar o mal, é desejando o bem.
abra um sorriso, faça uma oração, e deseje um bom dia ao anônimo que, mais uma vez, é digno de pena ;)

Eliza de Oliveira disse...

Gu, arrasou no post. E às pessoas mal amadas (vulgo anônimo) deixo o recado: vai plantar coquinho, meu filho. Pelamor, visse?!

Enfim, Gu. Quero muito sentir isso tudo que vc tá sentindo. Muito, muito, muito :D

Elcio disse...

Felicidade é algo que contagia, mas em certos casos incomoda. E incomoda por inveja, por nunca ter sentido algo como o que você descreveu aí. E ow.. que lindo isso! Parabéns pelo texto. Felicidades ao casal!