12 de junho de 2010

Gay Heterossexual


Bacanundos (como diz a saudosa Maria Rita), o post de hoje novamente contou com a ajuda da Cláudia. Mas, dessa vez, eu não copiei o texto que ela postou. Fomos além. Na mais pura FALTA DO QUE FAZER, pegamos um vídeo (link) de uma entrevista com a Ana Carolina, e ela lê um texto muito engraçado e, de certa forma, deve ser verdade. O texto se chama "Gay heterossexual" e, só pelo nome, já dá pra ver que é engraçado. Bom, eu gostei. :/ Mas, enfim, a Cah e eu pegamos o áudio do vídeo e fomos copiando letrinha por letrinha, já que não achamos o texto. :/ HUAHA Bom, eu mereço, no mínimo, 50 comentários só por isso. u_u
Ah, e aproveitando que vocês estão lendo (assim eu espero), vou divulgar o blog de uma amiga super querida, a Paula. Aí vai o texto! Enjoy it. ;)


Gay heterossexual

- Você é um gay heterossexual

- Eu?

- Sim. Um gay que gosta de mulher e só de mulher, essa é a diferença.

- Mas de onde você ta tirando isso? Eu adoro futebol.

- Meu cabeleireiro também adora.

- Eu gosto de lavar carro, sofro com qualquer arranhãozinho ali no meu carro.

- Meu estilista, também.

- Ah, meu Deus. Você não me ama mais.

- Viu como é dramático? Qualquer coisa é uma ópera gay!

- Não sou nada. Não uso piteira pra tragar as palavras.

- Olha aí, humor refinado. Seu humor é gay. Ninguém entenderia essas piadas.

- Não, para, você ta me provocando à toa.

- Não, acho extremamente viril um gay ser heterossexual.

- Ta bom! Me mostra que sou gay!

- Lembra quando você fez um strip na última semana?

- Lembro. E daí? Não gostou?

- Vibrei! Sabemos, mas você arrancou a camisa, a calça, jogava pro lustre, pela janela, mostrava um desinteresse passional furação. E... no instante de retirar as meias, você cria um novelo com as duas como se fosse guardar na gaveta!

- Não me diga que é gay!

- Sim, foi uma parada gay.

- Para de polinizar. Não posso ser gentil, educado, afetuoso e já me rotula.

- Conversa de gay. Não recordo de um marmanjo defendendo a sua ternura.

- Sou vaidoso no amor, e daí?

- Pinta as unhas, corta o cabelo uma vez por semana. Seu guarda-roupa é duas vezes o meu! Adora loja, disposto a debater duas horas se leva uma echarpe ou não.

- Não vejo a vida com maniqueísmo, homo e hétero.

- Quanto tempo você suporta uma mancha no tapete?

- Cinco minutos!

- É! É o tempo pra buscar um desinfetante, né?

- Bom, ta tudo bem! Quer uma prova de que sou inteiramente masculino?

- Inteiramente? Estranho... um gay que emprega muito esse tipo de advérbio.

- Não, não, deixe eu falar.

- Ta, tudo bem. Me diz qual é a prova irrefutável.

- Eu tenho um poncho.

- Ué, todo gay usa poncho.

- Ah, eu vou mandar prum analista de Pagé pra acabar com essa frescura.

- Tudo bem, é um homem. Você é um homem. Um homem gay.

- Poderia arrumar seu brinco?

- Ta aí, falei. Repara em tudo, comenta qualquer pessoa que passa. O jeito que ela se veste, o jeito como ela fala, tomado de uma maldade alegre.

- Ué, falando mal dos outros que eu aprendi a me criticar.

- Nunca tem fim uma discussão de um relacionamento. Emenda um problema no outro, não termina um assunto.

- Acho que você está acostumada com desprezo.

- Ta me ofendendo? Eu puxo os seus cabelos.

- E se encontrar um nó, desembaraça?

- Isso é um detalhe! Observe agora a sua quebradinha de quadril pra afirmar que não é gay.

- Não, não, não. Isso não é suficiente.

- Combina cueca com camiseta. Homem não escolhe a cueca, pega a primeira que aparecer pela frente.

- Não me convenceu isso aí. Isso aí é de suas histórias, não é capricho.

- Limpa a casa com entusiasmo. Vocação Maternal.

- É uma vingança porque canto ABBA na cozinha.

- Não me entenda mal. Acho você um homem perfeito. Mas um super homem do Gil.

- Gilberto Gil? Pretende me desmoronizar?

- É um elogio, porra!

- Parece um homem falando agora.

- Ah, vá se danar!

- Descobri o que quer com essa conversa. Já transou com um gay, acertei?

- Tudo bem, sua paranoia é masculina

10 comentários:

Paula disse...

Sinceramente?Um texto que é muito bom mesmo!Eu queria saber como vc e a sua amiga conseguiram pegar todo o áudio!Eu sou muito impaciente pra isso hehehe
Mas esse texto eu adorei.Até vou salvar pra mim!
Você é ótimo!Sempre!
te amo!
Beijinhos

Nessa disse...

Ai, morri de rir com o texto e concordo com a Paula, HAUEHAUHEA. Haja paciência pra pegar todo o áudio e ir copiando ;/ Amei o post, nipote. Merece muito sucesso com esse blog u.u

Besos! <3

Anônimo disse...

Eu ri! E isso me lembrou muitas coisas HAUAHAUAHAUA Gostei do texto Guh e parabéns por ser tão paciente :) Beijos amor <3
Eu te amo.

Anônimo disse...

Noos amei mesmo .. Fico perfeito e se for pensa realmente verdade .. HSUASAUHAUHSAUHASHA'... Paraben's guuh fico perfeito ... amei <3

Salomão S. Boaventura disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Wilson Meira disse...

Eu combino cueca com camiseta! uhauhauhauhauhuhaauhuha Guh cheiroso ♥

Ana-in-London disse...

oi, achei super engracado seu post! Estou indo pro Brasil na terca for um mes sem o marido :( Te mando um email com meu skype e tel do BR bjs

kess disse...

HAUAHAUHAU muito foda esse texto. parabens subrinho, copiar td esse texto foi um teste de paciencia hahaha abraço!!

Claah disse...

aaaah,amei IOHSAODIHASIODHIOASHDOIHADIOAHDIOAHDIODIOAIOD to rindo demais aqui :')haja paciencia pra ouvir e copiar tudo,hein? beeijo s2

Fabi Freitas disse...

akoaakaok

Muito bom velho!!!
amei esse video tbm,

Parabens pela paciencia...!
kk

Beijos